quarta-feira, 3 de setembro de 2014

#Diário de viagem - Amsterdam - Festival Dekmantel 2014

Antes mesmo de sair do Brasil, um dos principais pontos do nosso roteiro em Amsterdam era ir ao Dekmantel festival 2014. Logo quando compramos a passagem para Europa, o ingresso do festival também já foi comprado, isso por que você sabem que eu sou completamente viciado em festivais de música, né? rs.

O Dekmantel é um festival de música eletrônica bastante conceituado na Europa, acontece em Amsterdam, geralmente em Agosto, quando o verão está no auge por lá.  Mesmo sendo bem menor do que esses mega festivais como o Lollapalooza, Planeta Terra, Rock In Rio (...) que estamos acostumados aqui no Brasil, eles sempre trazem um line-up de deixar qualquer pessoa que curte música eletrônica maluco.

Sobre a estrutura do evento eu só posso dizer uma coisa: PERFEITA. Sério, essa foi minha primeira experiência em festivais de música fora do Brasil, minha reação durante as primeiras horas no local foi de comparar tudo de lá com o daqui, rs. Tudo é extremamente limpo, desde os banheiros até o chão do lugar quando acaba, nada daquelas ilhas montanhosas de lixo por toda parte. As filas para comprar bebidas não existem (sério), bateu sede basta ir a um dos váaaaaarios caixas, pegar sua ficha e seguir até o bar e pegar sua bebida, questão de 20 minutos cê já pode voltar curtir seu show numa boa. Na hora de comprar comida é difícil... difícil escolher o que você quer comer, eles montam meio que uma feira com mais ou menos 20 quiosques (super bem elaborados) e vendem várias opções de comida (Batata frita, Sanduíche, salada, sorvete, Churros, Crepe, Pizza, Salsichão, Waffle, Croquetes... lista infinita). Por várias partes do Dekmantel você encontra bancadas com água termal, álcool em gel, desodorante e protetor solar de qualidade, as pessoas são tão educadas que usam e deixam tudo no lugar, imagina deixar um litrão de Evian disponível aqui no Brasil? hahaha


As pessoas são extremamente maravilhosas e desencanadas. Não existe aquele empurra-empurra para conseguir ficar esmagado na frente do palco, todo mundo super educada e amigável. Ao contrário dos festivais mais "fancy", a galera do Dekmantel é super estilosa, mas não parece que tá todo mundo vestindo um uniforme pra tá ali, sabe? Cada um usa o que quiser e todo mundo tá de boa com isso. Sem carão, mas com carinho demais! s2 #MeAdotaGente


O transporte até o evento foi meio complicado, já que a gente não se programou muito bem para pegar os ônibus que levavam do festival até o centro de Amsterdam. A gente acabou pegando um trem até a estação mais próxima possível do lugar - claro, perguntando todo mundo como fazia para chegar - e de lá, pegamos um táxi até o festival. Como éramos 5 foi bem suave, deu mais ou menos 30 euros pra cada ida e volta. Porém, como vocês podem reparar nas fotos, todos os jovens de da cidade preferem ir de bicicleta, rs.

O único ponto negativo de todo o rolê é que acaba cedo, e acaba mesmo. Lá na gringa quando um festival, balada, show e afins acaba a galera apaga todas as luzes e os segurança vão gentilmente com suas lanternas mandando você cair fora. O Dekmantel começou às 13h da tarde e acabou quase 00h, eu fiquei querendo mais...
Já no final, Nicolas Jaar arrebentando tudo! s2

Eu quero muito voltar numa próxima vez e continuar conhecendo festivais na gringa. Quem estiver numa viagem pela Europa durante esse período não deixe de ir ao evento, nota 10.

Galera, em muito breve teremos os vídeos do nosso reality show, o #PARTIU. Eu tinha falado no meu Instagram @EiLeo que seria hoje, mas tivemos alguns probleminhas na edição. Aguardem, dessa semana não passa. Nos vídeos vocês vão ter mais sobre esse dia lindo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário