domingo, 29 de janeiro de 2012

Guia de como aproveitar melhor o seu tempo no ensino médio e entrar mais bem preparado na faculdade

Ei gente!
Nos últimos tempos eu tenho recebido várias perguntas pelas redes sociais, sobre faculdade de moda e cursos aleatórios na área. Muitos dos locutores com menos de 15 anos de idade. Isso me fez pensar por algumas horas sobre alguns fatos da minha vida de quando eu também tinha 14/15 anos e percebi que eu era tão frenético quanto vocês em relação a profissão e "vida social". A famosa pergunta "O que você quer ser quando você crescer?" era uma coisa que sempre martelava na minha cabeça. Essa é uma característica muito forte da nossa geração, né?! Querer se formar, comprar uma mansão, conhecer o mundo e estampar a capa da Forbes no auge dos nossos 15 anos. Eu fiquei me perguntando como lidaria com as situações da vida adolescente se eu tivesse a cabeça que eu tenho hoje na minha época de colégio.
Aqui em Belo Horizonte - apesar de ser uma cidade grande - as maiores preocupações dos pré-adolescentes e adolescentes são: se formar o mais rápido possível e entrar numa faculdade, ser aceito no grupinho popular e ~seleto~ da cidade e ignorar o resto do mundo. Infelizmente o que mais se vê por aqui - e creio eu em diversas partes do Brasil - é uma galera com a mente super fechado as essas pequenas coisas. A situação quando você só pensa em entrar pra faculdade e agradar as pessoas que no final das contas estão cagando pra você se torna um inferno, porque você acaba esquecendo de reservar um lugar na sua vida para você mesmo.
Sabe aquele grupinho dos populares da escola que você insiste em fazer parte ou faz parte? Pois então, não vai durar pra sempre. Logo quando vocês se formarem cada um vai pra um canto, as promessas de amizade eterna vão durar por algumas semanas, depois vocês vão continuar mantendo algum contato pela internet e no final das contas vocês só vão lembrar da existência deles quando esbarrar na rua. Eu nunca tive muita dificuldade em fazer amizades e participar dos grupinhos do colégio, mas acho que desperdicei muito tempo sendo legal no meio dos populares e esqueci de conhecer algumas pessoas geniais que estudaram comigo. Dê mais importância as pessoas que querem estar com você no intervalo apenas porque você é uma companhia agradável, não porque você tem roupas legais e/ou é bonito. Amizades assim podem ser pra vida inteira.
Se você pegasse 80% do tempo que você gasta tentando ser legal no facebruki e planejando o seu futuro universitario (aos 15 anos) e investisse em coisas úteis como estudar inglês (você vai precisar disso pra vida inteira), aprender a tocar algum instrumento musical ou fazendo algum curso de desenho, pode ter certeza que você vai se destacar muito mais quando chegar a época da faculdade. Eu me arrependo muito de ter perdido tantas horas viajando pelas comunidades do orkut ao invés de me dedicar a algo que iria render alguma coisa de interessante no futuro. AH! Se a sua familia tiver condições faça um intercâmbio, isso vai te ajudar muito também.
Muita gente pensa que a vida é como nos almanaques do "Guia de profissões", onde você só tem que escolher um curso de faculdade, se matar pra provar que é competente e acabou. Mas vocês tem que lembrar que existe um mundo enorme fora da escola e ele não é feito só de diploma. Principalmente para quem quer trabalhar com moda a dica não é passar horas e horas lendo a grade curricular de todas as faculdade da sua cidade e sim correr atrás da prática. Faça estágios(se possível); vá a todos os eventos, mas não só para fazer carão de fina, procure conversar com estilistas, entender todo o processo da construção de uma coleção; desenhe MUITOOOOOO;leia VOGUE, não só passe o olho nas imagens da revista. E o mais importante, procure fontes de informação que não estão ligadas a moda. As coleções mais deslumbrantes já desfiladas pelo mundo não tiveram como tema "O Carão da fila A" ou então "Comprei horrores na C&A". Referência cultural é uma outra coisa que vai fazer você se destacar dos demais, pode ter certeza.
Como o sistema de educação do Brasil é uma merda e formam zumbis ao invés de desenvolver o que cada um tem de melhor como nas escolas americanas, vá a luta e estude por conta própria. Visite mais galerias de arte, assista filmes interessantes e leia mais (ler toda a coleção de Harry Potter não é o suficiente, ok? haha). Eu queria ter dedicado mais do meu tempo a coisas construtivas. Essas instruções ortodoxas da escola talvez funcione para alguns cursos mais "cabeçudos" como na área de exatas e saúde, mas como o nosso assunto é moda e comunicação o negócio não funciona MESMO.

Okay, antes que o post vire um texto de auto-ajuda chato e eu me sinta velho (mesmo não sendo), vamos parando por aqui. Acho que passei um pouco do que eu queria dizer a vocês que me perguntam "Qual a melhor faculdade e blábláblá". Vamos investir no que realmente vale a pena e abrir mais a cabeça. O mundo está cada vez mais amplo e dinâmico, não vamos nos fechar apenas aos conceitos antigos, ok? Aproveite que o ano está só começando e tende mudar um pouco os seus hábitos! :) :)
Beijos!

20 comentários:

  1. Amei o post, comigo foi meio diferente, resolvi trabalhar com RH pensando que depois me jogava na mundo fashion mas nem rolou (risos) mas Tudo bem, não trabalho com, mas consumo PEKS.

    ResponderExcluir
  2. Amei o post, era bem o que eu precisava ler hahahaha.

    ResponderExcluir
  3. Bom... Serei crítico em relação ao post.
    Foi bom a iniciativa que vocês tiveram de reunir todos os pedidos e fazer uma postagem falando sobre faculdade, dando dicas de que podemos enfrentar ou até mesmo para nos alerta do que fazemos de ruim no presente em relação aos estudos.
    Só gostaria de pedir um aprofundamento do conhecimento que vocês têm em Moda. Falando sobre a faculdade. Quais cursos poderemos exercer dentro do imenso mundo que é a faculdade de moda?... #Ficaadica
    Acompanho sempre que posso MYM. Adorei as postagens sobre SPFW E FR. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Bom, esse post é feito de dicas para jovens que querem fazer uma faculdade de moda, mas ainda estão um pouco longe da época de vestibular e etc. Mais para mostrar coisas que são interessantes de se fazer antes mesmo de se inscrever no vestibular, pensar um pouco mais longe não só no que acontece dentro da faculdade. E claro, aproveitar melhor a período do ensino médio.
      a tempo, sua idéia é boa. Posso sim depois fazer um post mais detalhado sobre o que acontece dentro de uma faculdade moda, cursos e afins, ok? Mas não é essa a idéia desse post!
      beijos! :)

      Excluir
  4. Parabéns, está otimo o post, você não só ajudo quem pretender seguir a carrera relacionada a moda, mas sim a todos, querendo ou não, você ajuda a adolescentes a terem uma visão diferente do que está acontecendo realmente, e os ajudando a reagir ao mundo a se prepararem, parabéns novamente, abraço.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post,e como tenho pensado muito na faculdade e pretendo fazer moda,como tenho 15 anos vou começar a fazer um curso de moda e estudar muito pra chegar na faculdade e saber oq vou estar fazendo la rs.

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Por isso que é bom ter um blog. Nem preciso gastar meus milhões com terapeuta. Dhehehe

      Excluir
  7. Amei esse post, muito bom mesmo! Acho que não só pra quem quer fazer moda, mas acho que pra todo mundo que ainda está no colégio!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, ótimo post, tô no terceiro ano e também me arrependo das 30 horas diárias de orkut haha, queria ter começado a me preparar mais cedo, mas, enfim, ainda tá em tempo né ... E eu concordo com o Alecks Freitas, também gostaria de um post um pouco mais aprofundado no assunto (se for possível,claro) tô com uma dúvida cruel em relação a faculdade, queria saber, por exemplo se compensa pra quem quer trabalhar mais com produção de moda fazer a faculdade, de repente seria melhor fazer um curso técnico, sei lá, fico com medo da facul ser muito voltada só pros futuros estilistas,queria saber também sobre outras áreas de atuação, como anda o mercado pros produtores de moda (tô pedindo muito né ?), e acho que essa é uma questão que pega pra muita gente também, ajuda as bunita aí haha, kisses e sorry pelo testamento rs

    ResponderExcluir
  9. Esse post me abriu muito mais os olhos, me deixou mais encantada pelos estudos diversificados e que o mundo não gira em torno de rede sociais. Uma visão de quem já passou por essa idade e sabe o que nós estamos passando (tenho 15 kkk)é extremamente importante. Faz com que olhemos p/ o futuro sem medo de perder o presente social e ganhando pelo cultural. Muuuuuuuuuito obrigada *--------*

    ResponderExcluir
  10. Nossa muito bom Leonardo! Esse post foi o típico "despertar", nada monótono e bem informativo. Agora se você me permite eu gostaria de um post informativo sobre como "se infiltrar" em desfiles, como ter acesso sabe, como entrar em backstages no meu caso que sou uma mera mortal das lerdas que ainda por cima nem tenho um blog próprio. Se você pudesse ajudar eu seria eternamente grata!!! Ah e você tem aqueles e mails só para perguntas e derivados, se você tiver você poderia passar aqui no blog por obséquio!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      dica anotada, qlqr dia faço um post desses, ok?
      bom, quando quiser perguntar alguma coisa é só clicar em [CONTATO] aqui na barra lateral do blog, ok?
      beijoooos!

      Excluir
  11. OMG..isso foi mt lindo.Eu tenho 17 anos e passei um bom tempo me mongueando quanto minha vida, quando eu fiz 15 me decidi entrar em ingles e fazer curso de desenho...Muita gente que eu conheço deveria ler isso e se tocar que a vida não é como nos filmes e nas novelas,ainda mais morando aqui na minha cidade que os colonos tem a cabeça muito fechada, acham que vc se forma na UCS e já ta pronto na vida, vai aparecer na capa da Rollign...otimas dicas!PARABÉNS PELO BLOG

    ResponderExcluir
  12. mas locutor não é aquele do rádio? não seria leitor? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. locutor |ô|
      (latim locutor, -oris, aquele que fala)
      3. [Linguística] Indivíduo que produz enunciados. = EMISSOR, FALANTE

      Excluir
  13. mas agora, sério.
    aos meus 20 anos me sinto uma loser fazendo curso de ingles, e de adobe... se eu tivesse investido nisso aos 15, talvez teria saído na frente de muito hoje!

    ResponderExcluir